8 de agosto de 2017

a little talk - São Lourenço, Santa Maria - Açores


Depois de um fim de semana numa das baías mais fantáticas de Santa Maria, a dar dicas de fotografia e receber outras dicas de como pousar e como jogar com as minhas curvas, eu decidi fazer este post e falar um pouco sobre o complicado de não sermos nós próprios.


Eu durante muito tempo, tive medo de me mostrar ao mundo. Talvez seja porque a sociedade exige muito de nós. Estamos constantemente expostos a imagens sobre como "todos" deveriamos ser. Imagens ficticias que nos entranham na mente e ficamos horas e dias a remoer aquela sensação. Talvez não seja seguro ser mulher ou viver neste planeta.
Mas eu não nasci para acreditar nisso.
Deveria ser normal a ideia que a mulher e o homem são dois seres iguais. A ideia de todos sermos diferentes uns dos outros, e que não nada que possamos fazer que mude isso. E dai a publicação destas fotos. Sei que não sou uma top model, ou que "tenha o melhor corpo, sem gordurinha e celulite", mas eu gosto. Eu gosto de mim e tenho orgulho em mostrar aquilo que realmente sou.

E TU? TENS ORGULHO EM TI MESMO?

6 comentários:

  1. Eu acredito que pessoas como tu vão chegar longe, muito longe! Continua com o belíssimo trabalho que tens feito e com a tua forma de pensar que, como dizes, é motivo de orgulho.

    ResponderEliminar
  2. Tens mesmo que gostar de ti assim como és! Linda! :)

    ResponderEliminar
  3. O teu corpo é lindo e tens de o amar assim mesmo! Eu sou magrinha, mas sou mulher também! Tenho estrias e tenho celulite, mas que se lixe o que os outros pensam! As fotos ficaram fantásticas e tu estás maravilhosa nelas! :)

    https://filipa-goncalves.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. É isso mesmo, temos mais é que ter orgulho em nós! É uma pena vivermos nesta sociedade que ainda é um quanto machismo, e quando acontece alguma coisa às mulheres, a maior parte das vezes é porque "a mulher estava a pedi-las". É uma tristeza a sociedade atual ainda não se ter conformado com a ideia do que é realmente ser-se feminista: lutar pela igualdade de géneros. E, como seres humanos que somos, e com o mínimo de humanidade que todos deveríamos ter, todos devíamos ser feministas, e apoiar a igualdade.
    Beijinhos,
    Blog An Aesthetic Alien | Instagram | Facebook
    Youtube

    ResponderEliminar
  5. Um tema realmente importante para se falar! Parabéns por teres aceitado o teu corpo tal e qual como é.
    Beijinhos 😙🌙
    www.themooninmyroom.blogspot.pt

    ResponderEliminar