23 de julho de 2018

equilíbrio



DEFINIÇÃO: Equilíbrio significa harmonia, estabilidade, solidez. É o estado daquilo que se distribui de maneira proporcional. [LINK]

Eu aprendi a viver com a ideia que os acontecimentos precisam de ser equilibrados como o peso que precisa de ser distribuido numa balança. As coisas boas e más acontecem. Cabe a nós próprios saber como lidar com cada um, perceber onde é que cada lição pertence e aprender a seguir em frente. Para existir harmonia é necessário criar o equilíbrio. Perceber o que nos liberta e que nos afeta, perceber o que vai no nosso coração e mais improtante: quem realmente somos.

Foi neste ideal que vivi uma semana em Portimão. Entre o sol, amigos e o gigante oceano que explorei alguns aspetos em mim e consegui resolver alguns problemas que estavam dentro da minha cabeça.

Desde do início de 2018 que enfrentei um novo modelo de vida, onde tive que aprender a viver um dia de cada vez, sem fazer planos a longo prazo e não saber o que vem a seguir. Eu fui sempre o tipo de pessoa que sentia a necessidade de perceber o futuro e mesmo que não fizesse a miníma ideia, o facto de planear fazia-me sentir segura. Este ano sai completamente da minha zona de conforto e nem eu própria conseguia desvendar o que poderia acontecer a seguir. Fui confrontada com situações onde questionei os meus sonhos, as minhas capacidades e mesmo o meu ser.

No sul do nosso país eu percebi que, por vezes, viver um dia de cada vez não é assim tão mau e ajuda na minha sanidade mental. Acordar apenas com uma pequena ideia do que é preciso fazer sem preocupar-me com o ontem e o amanhã. Viver os acontecimentos sem estar agarrada ao telemóvel e aproveitar cada momento como se fosse o último. Decidi então continuar a planear e longo prazo, mas apenas defino objetivos e metas para alcançar. Não irá haver mais pressão, apenas ir na onda e viver a minha vida.

Sem comentários:

Enviar um comentário