17 de janeiro de 2016

PROJECTS | 5 POR MÊS

D E Z E M B R O
Ao contrário dos outros meses, sinto que este mês não tirei "grandes" fotos.
Com a continuação da falta de inspiração e de tempo foram muitos poucos os momentos em que estive com a máquina fotográfica na mão. Mesmo assim decidi fazer mais um vez esta rubrica, mesmo que as fotos não sejam tão magnificas como eu gostaria.
 photo 5 por mes 1_zpscycl8k9i.jpg
O p o r t u n i d a d e s
Eu no mês de Dezembro participei como fotógrafa na VI Gala da Inclusão que se realizou no dia 5 de Dezembro de 2015 no Teatro José Lúcio em Leiria. Esta Gala consistiu na homenagem das boas práticas por várias identidades regionais e nacionais mas também personalidades que fizeram algo por um mundo mais acessível para todos.
Eu fiquei tão feliz por ter assistido e participado neste evento que decidi voltar para o ano e talvez num futuro próximo poder pessoalmente tornar o mundo mais acessível. Foi uma das certezas que garanti em 2015. Mas infelizmente nenhuma das fotos que tirei foi para as redes sociais com muita pena minha. Foi só a prova que eu não sei de nada sobre fotografia. E isso desmotivou-me bastante.

 photo 5 por mes 2_zpsxcq38d4w.jpg
I n c e r t e z a s
Desde que cheguei a Leiria eu perdi o contacto com a natureza. Onde estou a viver ainda tenho a natureza por perto mas já não é a mesma coisa. Na ilha eu tinha aquele contacto direto com ela, o que dava aquele gosto e certezas daquilo que eu quero no futuro. Mas ao estar aqui eu perdi-me um bocadinho. Parece que uma parte de mim fugiu e isso assusta-me. Nada dura para sempre, é verdade. Eu sinto tanta falta de andar perdida pela natureza, respirar ar puro e olhar para cada detalhe fantástico com uma beleza tão única.
Calma Vânia, vais arranjar maneira de isso tudo voltar.

 photo 5 por mecircs 3_zpsiv3ndzsq.jpg
V i a g e m  d e  R e g r e s s o
Em Dezembro eu regressei a casa. E sabem uma coisa? Soube estranho. Foi esquisito estar de volta ao sítio que cresci, nem sei bem o porquê. Mas soube bem. Estar perto da minha família após longos três meses, ver o meu Elvis e a minha Kiara... Estar no meu quarto!
É estranho sairmos do sitio que crescemos para enfrentar uma nova realidade. Mas a vida é assim, é cheia de obstáculos que temos que superar para crescer, para viver.

 photo 5 por mes 4_zpsypr2b1m9.jpg
V e l a
Não sei se alguma vez disse aqui no blogue mas eu tenho uma enorme pancada por velas. Desde que estou em Leiria gosto de acender uma e deixa-la perfumar o meu cantinho. Quando voltei aos Açores levei uma comigo e adorei fazer experiências fotográficas com ela. Esta foi uma das melhores que demonstra não só as maneiras que podemos brincar com a luz mas também aquele toque especial que dá às fotografias.

 photo 5 por mes 5_zpsugo44f3g.jpg
U N I Ã O
Quando estamos longe da nossa família acabamos por perceber que não vivemos sem ela. Eu voltei com imensas saudades dos almoços em família, das rivalidades entre equipas de futebol, da minha avó fazer-nos um delicioso almoço e do meu Elvis a espreitar à janela!
Esta fotografia foi tirada na véspera de natal e claro que o meu gordo espreitava o bacalhau não é? ahah Soube bem voltar a estar junto da minha família, passar tempo com eles e matar as saudades.

Este post veio um pouco atrasado mas já estava nos rascunhos desde do ano passado.
O blogue mudou a sua cara e agora espero ter 100% de tempo para dedicar-me a vocês!
O que acharam das fotografias escolhidas deste mês?

2 comentários:

  1. Também foi a pensar na utilidade do futuro que achei mesmo útil :P
    Compreendo o que sentiste por voltar ao teu espaço. Embora seja complicado estar longe, sabes sempre que o regresso estará por perto e que, cada dia que passa, é menos um dia :)

    NEW DIY POST | DIY: Sleep Mask
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar