11 de dezembro de 2014

PERSONAL | photography, volleyball and blog

Eu durante muito tempo, olhava-me ao espelho como alguém que luta diariamente contra si mesma. Dizia a mim própria que sonhar era só uma maneira de castigar-me porque eu nunca iria alcançar nada da vida... Sim, crises da adolescente pode-se dizer.
Mas ultimamente dei conta que afinal esses sonhos não estão assim tão distantes e que podem mesmo realizar-se, só é preciso que eu demostre a paixão e empenhe a 100% naquilo que gosto de fazer.

Image and video hosting by TinyPic

A fotografia e o voleibol entraram na minha vida ao mesmo tempo e nestes dois meros passatempos eu nunca pensei que fossem ter um papel tão importante na minha vida.
Já faz quatro anos (quase cinco) em que olhei para uma máquina digital e uma bola de voleibol com aquele interesse, com a vontade de experimentar. Não levou muito tempo até eu decidir empenhar-me no voleibol e começar olhar de maneira diferente através da lente.
Agora digo que sou completamente apaixonada pela fotografia e pelo seu poder fantástico de dar a conhecer o mundo a minha visão deste mesmo. E o voleibol, bem, não é por acaso que dou todos os dias da minha semana para treinos, jogos e marcar/arbitrar... Faço-o com prazer e paixão.

Tudo isto para dizer que agora todos aqueles objetivos (ou pelos menos alguns deles) que eu no passado dizia que nunca iriam acontecer, acabaram de se realizar. Não só a minha máquina fotográfica reflex está a caminho de casa, na qual levei mais que dois anos a poupar para a comprar, mas também a maioria dos meus objetivos no voleibol terem sido cumpridos.
Neste último mês fui convocada duas vezes para ir para fora da ilha e jogar na 2ª divisão como passadora principal e com isso todo o meu esforço, suor, nódoas negras e pele que ficou pelo ginásio valeu a pena.

Resumidamente, lutem com garra pelos vossos sonhos e pelos vossos objetivos que eles vão acabar por se realizar, de uma maneira ou de outra!

Sem comentários:

Enviar um comentário