29 de setembro de 2014

Lagoa das Sete Cidades, 29.09.2014

Image and video hosting by TinyPic Image and video hosting by TinyPic Image and video hosting by TinyPic Image and video hosting by TinyPic Image and video hosting by TinyPicImage and video hosting by TinyPic Image and video hosting by TinyPicImage and video hosting by TinyPic
A Lagoa das Sete Cidades sempre foi aquele sitio que eu sempre quis visitar na ilha de São Miguel, não só pela sua beleza mas também por ser uma das 7 Maravilhas Naturais de Portugal. Esta lagoa é um dos mais famosos locais do Arquipélago dos Açores, e uma vez observada entende-se o porquê. 
Este é o maior lago de água doce dos Açores, situado nas crateras vulcânicas que formam a Ilha, sendo constituído por duas lagoas (a Lagoa Azul - imagem à esquerda em cima - e a Lagoa Verde - imagem à direita) que aqui promovem um cenário de beleza extrema e indescritível, e uma das imagens simbólicas de todo o Arquipélago, classificada como Paisagem Protegida da Rede Natura 2000. 
A Lagoa, cuja profundidade máxima atinge os 33 metros, e o comprimento máximo de 4,2 quilómetros, está rodeada de verdejantes campos de cultivo, emoldurada por belíssimas encostas escarpadas que lhe conferem um ambiente bucólico e idílico sem igual. 

Os Açores estão repletos de lendas fantásticas, claro que esta Lagoa também tem as suas mas a mais famosa será a da Princesa dos Olhos Azuis:

Lenda da Princesa dos Olhos Azuis 
No local onde hoje se situa a bonita freguesia das Sete Cidades, existia um reino, onde habitava a bela e jovem Princesa Antília, de lindos olhos azuis. Certo dia, num passeio pelos prados maravilhosos da região, a Princesa apaixona-se por um Pastor de olhos verdes, que por ali passeava o seu rebanho. 
Dias passaram, e em todos eles os dois apaixonados se encontraram no mesmo local, à sombra de uma velha árvore, cada vez mais próximos e apaixonados. 
O Rei, que desejava a sua filha casada com um Principe do reino vizinho, ao tomar conhecimento da paixão que crescia, proibiu o amor da Princesa e do Pastor. Desesperada, Antília pediu o seu último encontro com o seu amor, que aconteceu no local habitual. 
Enquanto falavam o seu triste destino, os dois choraram em tamanha quantidade que, dos olhos azuis da Princesa se formou a Lagoa Azul, e dos olhos verdes do Pastor, se formou a Lagoa Verde. 
Conta então a lenda, que os dois foram separados, mas as suas sentidas lágrimas para sempre ficaram lado a lado, na Lagoa das Sete Cidades. 

Foi um dos locais que quando lá cheguei deixou-me sem palavras. Apesar do tempo estar sombrio, adorei visitar as Sete Cidades!
E vocês? Gostavam de visitar a Lagoa das Sete Cidades?

5 comentários:

  1. Simplesmente lindo. Adorei as fotos =)
    Beijinho
    http://virginiaferreira91.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Que fotos lindas!!!!!!!! Sempre quis ir aos Açores, pode ser que um dia tenha a oportunidade de ver essas maravilhas em pessoa. Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  3. Uma das maravilhas dos Açores, quando regressar a São Miguel é um sítio que já está marcado para visitar :)

    http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  4. ~Eu tenho a sorte de morar nesta ilha linda! Eu já fui muitas vezes é realmente lindo!!!

    ResponderEliminar
  5. Lindas as fotos!
    http://strawberrygloss24.blogspot.fr/

    ResponderEliminar